Calleri avalia adiar cirurgia para ajudar São Paulo no Brasileirão

O atacante Jonathan Calleri pode adiar a cirurgia que precisa fazer no tornozelo para ajudar o São Paulo a se afastar da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro. O atacante retorna de folga nesta terça-feira e irá conversar com os membros da comissão técnica para decidir se vai disputar a reta final da competição nacional.

Calleri revelou a necessidade de se submeter a uma cirurgia após o empate por 1 a 1 com o Flamengo, no domingo, que garantiu o título inédito da Copa do Brasil ao time tricolor. O centroavante argentino afirmou que vem jogando no sacrifício desde março, fazendo um tratamento mais conservador no local. Ele não deu mais detalhes sobre a lesão, mas, segundo o apurou o Estadão, trata-se de um problema na cartilagem do tornozelo.

"Ninguém sabe, mas estou machucado faz seis, sete meses. Eu vou parar de jogar agora e vou operar porque estou muito machucado no tornozelo. Meu objetivo era ser campeão e acho que consegui. Dei a vida, mesmo machucado, desde março... Ninguém sabe, mas dei a vida por esse clube e agora mereço parar e me recuperar bem", declarou o atacante, logo após a final.

"Tenho uma lesão no tornozelo, faz tempo, não me recuperei bem. Com o tratamento conservador, deu para jogar até agora, mas está me atrapalhando demais. Eu já falei para todo mundo que se a gente fosse campeão, eu ia arrumar meu tornozelo. Depois de vencer a Copa do Brasil, eu vou operar."

Calleri se machucou em fevereiro, na derrota para o São Bernardo, ainda no Paulistão. Um exame constatou lesão nos ligamentos do tornozelo direito e o atacante precisou ficar cerca de um mês fora. Os médicos indicaram a realização de cirurgia à época, mas foi o tratamento conservador foi optado para não correr o risco de o atleta ficar ainda mais tempo longe dos gramados.

Em 42 partidas na temporada, Calleri marcou 12 gols e deu seis assistências. O argentino foi o responsável por marcar o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Flamengo, no Maracanã, no primeiro confronto da final da Copa do Brasil. O resultado deu a vantagem do empate para a equipe tricolor no duelo no Morumbi.

O título da Copa do Brasil garantiu o São Paulo automaticamente na próxima edição da Copa Libertadores. Sem chances de alcançar a ponta do Brasileirão, o único objetivo do time na temporada passou a ser não cair para a segunda divisão. A equipe está na 14ª posição, com 28 pontos, a apenas três da zona da degola. Nesta quarta-feira, o São Paulo recebe o lanterna Coritiba, às 19h, no Morumbi, em partida atrasada da 22ª rodada do campeonato.

×