"Espero ter sucesso nessa caminhada", diz ídolo Felipe, novo diretor técnico do Vasco

Anunciado como novo diretor técnico do Vasco na última quinta-feira, Felipe, ex-jogador e ídolo do Cruzmaltino, comentou o que sente ao retornar depois de muitos anos ao clube e assumir o cargo.

“Voltar para o Vasco, onde é minha casa, onde fui nascido e criado, formado como homem, para mim é uma emoção muito grande poder retornar depois de muitos anos em outra função. Minha história aqui foi toda como jogador e agora estamos tentando construí-la fora das quatro linhas”, disse.

“Está sendo muito gratificante, é normal que aos poucos nós vamos ganhando a confiança dos atletas, mostrando para eles o que é o Vasco da Gama e o que é vestir essa camisa, e espero ter sucesso nessa caminhada”, completou.

Felipe também falou do cotidiano no clube. O ex-atleta afirmou que conversa individualmente com jogadores mais jovens, justamente para passar tranquilidade.

“Basicamente a gente procura acompanhar todos os processos, a gente senta para conversar com o diretor executivo, que é o Pedro Martins. A gente passa na análise de mercado para ver atleta. Eu individualmente converso principalmente com jogadores mais jovens que são oriundos da base. Eu como fui formado aqui, é de suma importância a gente ter esse bate-papo para passar tranquilidade e dizer que vão ter a oportunidade deles, que eles são importantes, que eles são um ativo do Vasco. Mostrar que eles estão aqui pois possuem potencial. Então nós basicamente conversamos com cada atleta individualmente e coletivamente. Os mais experientes que me conhecem, também tem total liberdade. Aos poucos nós vamos adquirindo a confiança deles, então isso é normal, é natural, a participação vai crescendo ao longo do tempo até eles adquirirem 100% de confiança”, falou.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Vasco (@vascodagama)

“Com o treinador também batemos um papo em relação ao DNA do Vasco. É óbvio que cada um tem a sua maneira de trabalhar, mas a gente procura ajudar em todos os sentidos e em todas as formas na parte técnica. Aos poucos vamos tentando ajudar da melhor maneira possível, pois o mais importante é o Vasco”, relatou.

Felipe finalizou agradecendo por tudo o que viveu no clube e também pela nova oportunidade.

“Cheguei com seis anos de idade, e você poder voltar com 46 anos, 40 anos depois, é uma vida que a gente teve aqui, que me ajudou a me formar como atleta, como homem, como ser humano. Só tenho que agradecer ao Vasco da Gama por ter me ajudado e muito feliz por continuar minha história dentro do Vasco, agora numa nova etapa. Acho que a história como ex-jogador parou, mas agora espero que eu seja muito feliz, ou até mais, mas agora fora de campo”, completou.

O post “Espero ter sucesso nessa caminhada”, diz ídolo Felipe, novo diretor técnico do Vasco apareceu primeiro em Gazeta Esportiva.

×